domingo, 25 de junho de 2017

E-book em português de Portugal:Poe





Já é o segundo e-book que eu pego com tradução para o português da terrinha (o primeiro foi O Último Moicano) e que eu não sabia a origem - fui só de olho no preço,baratíssimo na Amazon(diferente de muitos outros títulos vendidos a preço de livro impresso) - e estou tropeçando um pouco na leitura.Mas agora sei que Centaur é uma edição de lá ,para não confundir as capas com as da Penguim/Cia das Letras.
Eu li Poe esporadicamente ,conto perdidos em tempos atrás ,queria voltar a ler e esta edição tem os contos em ordem cronológica,mas não está sendo fácil e os três que li até agora ficaram truncados e talvez tenha a ver com a escrita original,mais que a tradução.Mas aos poucos eu vou terminar esta leitura porque quero comparar com duas edições físicas e suas traduções mais modernas para ver se ,finalmente,vou alcançar o "Poe" que muita gente idolatra.Sem prazo para terminar,work in progress.

quinta-feira, 8 de junho de 2017

Abduzida pelo Netflix!

Resultado de imagem para preguiça de ler




House od Cards,Designeted Survivor,Best caul Saul,Scandal,Moonlight,Frontier,Saints&Strangers e sei lá mais quantas séries e quantos filmes.Cabeça só tem dado para TV,mais nada!

quarta-feira, 31 de maio de 2017

Terminei o último das "leituras paralelas"

Resultado de imagem



Enfim!Este livro está rodando por aí há tempos,ficou encostado e entre as outras leituras e eu perdi o fio da meada.Não vou mais pegar várias coisas pra ler porque até terminar tudo,pluft!o que tinha lido no começo já se foi e particularmente nessa leitura,o conteúdo é muito rico e ficou perdido pelos intervalos.

Parei com os Romans do Dumas há uns meses e este era o último começado que ainda estava por ler.
Quero ler coisas mais ágeis e me preparar pra leitura em conjunto(do projeto do Livrada!) do Vida e Destino que é um "livrão" e eu não quero mais uma leitura arrastada,já tive o suficiente por este ano.

segunda-feira, 29 de maio de 2017

Para voltar a ler:Lenormand na veia!

Resultado de imagem para ne tirez pas sur le philosophe



Chegou!Dois meses de espera,mas é um momento ótimo para esta leitura.Rir faz bem e acompanhada por Voltaire ,melhor ainda.
Frederic Lenormand consegue nos aproximar da França nos anos 30 do séc XVIII e coloca um Voltaire vivo,com suas manias e hábitos esdruxúlos desvendando mistérios e sempre acompanhado por seu faz tudo e pela marquise du Chatêlet.É um time em que as tiradas reúnem humor e um pouco de "filosofia",e sempre são muito gostosos de ler.Este é o sétimo da série .

sexta-feira, 26 de maio de 2017

Preguiça!

Resultado de imagem para ressaca literária


Não,não é ressaca literária comme il faut.Não li nada que me abalasse as estruturas nem que tenha me deixado mexida,tocada demais.É preguiça mesmo - tantos livros e eu só com vontade de desatrazar o conteúdo da Netflix!

segunda-feira, 22 de maio de 2017

Tolstói:terminei os contos

Tous les Contes de Léon Tolstoi (151 Contes, fables et nouvelles): La Mort d'Ivan Ilitch + Hadji Mourad + D'où vient le mal + Le Filleul + Les Deux Vieillards ... le moujik + Trois amis etc. (French Edition) by [Tolstoï, Léon]



Não sei se esta edição é completa apesar do "tous" do título,achei bem abrangente,com uma variedade grande de escritos,mas sei que demorou um bocado para terminar.Esta leitura foi no "intervalo" entre outros livros,em e-book ,desde o começo do ano e só agora finalizei.
Gostei da maioria,só as fábulas e quetais no final do livro não acrescentaram muito no quesito literário - creio que fizeram parte das mensagens que Tolstói queria transmitir,bem como muitos contos de viés religioso.
Senti falta de alguma introdução ou texto de apoio,uma "localização" melhor deles no tempo e na obra ,mas estas edições de domínio público são baratas exatamente porque juntam uma "obra" e a divulgação,mas sem critérios técnicos.Ao menos nas que eu baixei,nenhum e-book do mesmo tipo tinha referências críticas,só os textos literários  mesmo.
E será que eu perdi alguma coisa do texto por ele estar em francês?Acho que não.A maioria das traduções para o português vieram do francês e só agora que editoras como a falecida Cosac Naify e Editora 34 tem russos traduzidos direto do original.
Agora,os "livrões" dos Tolstói(Ana Karenina e Guerra e Paz),não serão por agora, eu preciso de tempo - tem muita coisa que eu quero ler e tenho que ir dosando clássicos,contemporâneos,nacionais,estrangeiros,etc
E de melhores edições,por preços razoáveis não as fortunas que estão cobrando por aí.

sexta-feira, 19 de maio de 2017

Você sabe o que é TBR?


Imagem relacionada




Significa "To be read"(gíria dos booktubers),para ser lido,para ler - aqueles livros que estão parados na estante e ainda não foram lidos,tem gente que estabelece uma ordem para ler,faz projetos,faz listas.Tem gente que faz uma "TBR JAR",um pote com os  nomes de livros não lidos escritos em papel para escolher a próxima leitura,tipo sorteio.
Eu não estabeleço metas TBR ,vou escolhendo as leituras conforme as vontades vão aparecendo ou conforme me sinto em relação à leitura - tem horas que estou mais disposta ao "novo",tem horas que só quero o bem estar de um mundo conhecido(acabei o Portador do Fogo do Bernard Cornwell ontem e sim,mais do mesmo,mas eu adorei) e tem momentos como agora que se eu fosse estabelecer um TBR seria terminar os livros já começados e que estão ainda em andamento(os contos do Tolstói,A história do mundo em 100 objetos - dos romans do Dumas eu dei uma parada já faz um tempo)antes que fiquem esquecidos,para depois explorar o (muito) que ainda falta que está pelas estantes.
E sim,tem vontade que passa e tem outras que ficam "chamando" a gente - tô precisando ler alguma não ficção o quanto antes,só não quero nada "técnico"(meu lado historiadora tem ficado cada vez mais preguiçoso).
Mas ler,sim,sempre.tem tido um pouco de TV e um pouquinho de tricô,mas a leitura,desta eu não largo.

quarta-feira, 17 de maio de 2017

Trocas de livros pelo Skoob

Resultado de imagem para troca de livros


Descobri o jeito de me livrar de alguns livros lidos e que estavam à toa aqui - porque ou eu não gostei ou já li e não pretendia fazer releitura.Fazer trocas,mas não em feirinhas ou algum outro evento presencial,trocar os livros à distancia.
Para quem faz parte do Skoob é só se atualizar para o Plus e colocar uma listinha dos livros que tem para troca,esperar alguém escolhê-los,enviar pelo correio,esperar que cheguem (a greve dos correios bagunçou um pouco minhas primeiras trocas) e assim ficar com créditos para poder escolher livros de outras pessoas.
No começo eu estava desconfiada,como,mandar livros antes de receber algum?Mas só enviando para conseguir créditos e aí sim,escolher os livros desejados - não não tem tudo o que eu quero,mas tem um bom número de escolhas possíveis.E o estado físico do livro?Para uma das minhas solicitadoras eu enviei foto do livro a pedido,antes dela concretizar a solicitação,mas é só ter bom senso e não enviar cacarecos(todos os que enviei estavam como novos ).Das minhas solicitações o correio só entregou uma e estava em ótimo estado e pela apresentação do livro na página de troca,dá pra ver pela edição se é mais velho,mais novo  e os detalhes.
Sim,depender dos correios é a grande desvantagem do "sistema" porque para que o custo não fique muito alto,os envios são feitos através da modalidade "Impresso - registro econômico(ou módico)" e demora para ser entregue.Dois dos que enviei(para dois estados do nordeste) em fins de abril não foram entregues até hoje e as que eu espero,bem,só esperar é o que tem pra fazer.Neste quesito eu estou em desvantagem pois já enviei todos os livros solicitados e só recebi um dos que pedi.
Mas achei um jeito ótimo de não deixar livros parados e de ao mesmo tempo,não sobrecarregar as estantes com aquisições - custo tem o do correio,mas a não ser que a pessoa seja muito mão-de-vaca,dá pra bancar sem nenhum problema.



segunda-feira, 15 de maio de 2017

Sotaques | "O Paraíso são os outros" (Valter Hugo Mãe)






No seu mais recente post a Camila Navarro do canal Viaggiando falou sobre Literatura Lusófona(link aqui    https://www.youtube.com/watch?v=YVuWhHACJ8Y)
porque no projeto que faz para conhecer a escrita de 198 países os de Língua Portuguesa ela já leu todos!!Daí que ela encontrou este vídeo com uma leitura com todos os sotaques lusófonos e eu copiei pra cá porque gostei muito,aproveitem.

sexta-feira, 12 de maio de 2017

O "Bernard Cornwell" da vez




O volume 10 das Crônicas Saxônicas enfim chegou!Já estava em pré-venda em abril e só agora finalmente foi lançado e enviado(sim,eu comprei na pré-venda,pura ansiedade).
Adoro a história do Uther e a ambientação na Inglaterra invadida pelos vikings é incrível e não,não gostei muito da série(The Last Kingdom) o ator que o representa deixa mmuuiiitttoooo a desejar,em compensação o que faz o Alfredo está ótimo.
E para quem não gosta de séries,bem,esta desmente qualquer possibilidade de enrolação ou "esticada" à toa.Acompanhamos nosso herói desde a infância e agora ele já é um "velho"(50 anos) e sim,torcemos para que reconquiste seu domínio  e pare de se ferrar.Leitura da hora!