quarta-feira, 12 de julho de 2017

Vida e Destino,já estou com saudades

Resultado de imagem para Vida e Destino




Terminei ontem a leitura deste livro e confesso que já estou com saudades dos personagens,fiquei com um gostinho de quero mais.
Tendo a Batalha de Stalingrado(Segunda Guerra Mundial) como pano de fundo,acompanhamos (com alguma dificuldade no começo,devido aos nomes russos não serem fáceis ,depois a gente se acostuma) a vida de alguns grupos de pessoas:principalmente a família de Chtrum,sua esposa e filha,suas cunhadas e cunhados,enteado,sobrinhos,mãe e sogra( reconhecia as personagens conforme apareciam e pelas situações)que passam pelos perrengues da guerra contra o nazismo vivendo durante o stalinismo na antiga União Soviética.
A luta é contra os nazistas,acontece numa sociedade autoritária e controladora - todo mundo tem algum problema com as "autoridades" e os grupos agem conforme são afetados por elas.Comida,trabalho,moradia,agasalho,aquecimento,tudo depende do Estado(o "grande irmão" está em todos os lugares) e de como os "cidadãos" estão localizados nesta sociedade "igualitária"(só que não).
Há ainda os militares,os presos em campo de concentração nazista e também os presos políticos num campo de trabalhos forçados soviético.Cada grupo com vários "tipos",diversos e com motivações variadas
Há o  "problema judeu" que os soviéticos também tinham,tanto quanto os nazistas.Há os soldados alemães,mostrados de maneira mais intimista,sem estereótipos - tanta quanto os soviéticos.Há o problema da ocupação de territórios  e da expulsão de populações - o convívio difícil com o diferente,o não igual.As dificuldades do dia a dia na guerra.

São inúmeras situações,colocadas com alguns intervalos entre elas - acompanhamos o que acontece e às vezes os personagens ficam um tempo sem aparecer ,a luta para se manter num sociedade policialesca ,os embates pessoais,os amores possíveis(sem "romance"),o enfrentamento da morte,as dificuldades da miséria,a esperança ou falta dela.
O caráter humano sobressai,ninguém é herói ou vilão completamente, tudo depende do que acontece e das reações provocadas.E acompanhamos todos e dá vontade de "ajudar",de estar junto,fazer parte.

Não é o livro da minha vida,mas gostei muito - eu adoro histórias com recorte temporal e esta mostrando um episódio da Segunda Guerra(apesar de eu já ter assistido a n filmes" Stalingrado")é muito rica,humana e "moderna" -  é literatura engajada politicamente, é uma "denuncia" do modo de vida daquela população de 70 anos atrás,um período não tão longíqüo assim,mas já distante da realidade atual.E a vida mostrada é verossímil,parecem verdadeiros os personagens ,não são rasos.E suas histórias tocam o humano que há em cada um de nós.

terça-feira, 27 de junho de 2017

Duas leiturinhas rápidas(infanto-juvenis da Cosac Naify)



Antony Penrose  na infância conheceu e conviveu com Picasso ,porque seu pai também era pintor e os artistas se visitavam.Guardou na memória e em souvenirs(desenhos e fotos reproduzidas no livro)recordações destas visitas e adulto,fez este livro gracinha,numa edição super bonita e caprichada.



Resultado de imagem para marilia e dirceu nelson cruz



Neste aqui as ilustrações são o carro chefe,mostrando a Vila Rica do séc XVIII,para ilustrar um momento marcante da história.Não,não conta "toda" Inconfidência - apesar de textinho de apoio no final- é mais focada no poeta e sua musa,mas a parte visual rouba o interesse que o texto poderia ter.




Dois livrinhos lindos de viver(eu sou vítima das ofertas da Amazon sobre o espólio da Cosac) e duas leituras rápidas e gostosas.

domingo, 25 de junho de 2017

E-book em português de Portugal:Poe





Já é o segundo e-book que eu pego com tradução para o português da terrinha (o primeiro foi O Último Moicano) e que eu não sabia a origem - fui só de olho no preço,baratíssimo na Amazon(diferente de muitos outros títulos vendidos a preço de livro impresso) - e estou tropeçando um pouco na leitura.Mas agora sei que Centaur é uma edição de lá ,para não confundir as capas com as da Penguim/Cia das Letras.
Eu li Poe esporadicamente ,conto perdidos em tempos atrás ,queria voltar a ler e esta edição tem os contos em ordem cronológica,mas não está sendo fácil e os três que li até agora ficaram truncados e talvez tenha a ver com a escrita original,mais que a tradução.Mas aos poucos eu vou terminar esta leitura porque quero comparar com duas edições físicas e suas traduções mais modernas para ver se ,finalmente,vou alcançar o "Poe" que muita gente idolatra.Sem prazo para terminar,work in progress.

quinta-feira, 8 de junho de 2017

Abduzida pelo Netflix!

Resultado de imagem para preguiça de ler




House od Cards,Designeted Survivor,Best caul Saul,Scandal,Moonlight,Frontier,Saints&Strangers e sei lá mais quantas séries e quantos filmes.Cabeça só tem dado para TV,mais nada!

quarta-feira, 31 de maio de 2017

Terminei o último das "leituras paralelas"

Resultado de imagem



Enfim!Este livro está rodando por aí há tempos,ficou encostado e entre as outras leituras e eu perdi o fio da meada.Não vou mais pegar várias coisas pra ler porque até terminar tudo,pluft!o que tinha lido no começo já se foi e particularmente nessa leitura,o conteúdo é muito rico e ficou perdido pelos intervalos.

Parei com os Romans do Dumas há uns meses e este era o último começado que ainda estava por ler.
Quero ler coisas mais ágeis e me preparar pra leitura em conjunto(do projeto do Livrada!) do Vida e Destino que é um "livrão" e eu não quero mais uma leitura arrastada,já tive o suficiente por este ano.

segunda-feira, 29 de maio de 2017

Para voltar a ler:Lenormand na veia!

Resultado de imagem para ne tirez pas sur le philosophe



Chegou!Dois meses de espera,mas é um momento ótimo para esta leitura.Rir faz bem e acompanhada por Voltaire ,melhor ainda.
Frederic Lenormand consegue nos aproximar da França nos anos 30 do séc XVIII e coloca um Voltaire vivo,com suas manias e hábitos esdruxúlos desvendando mistérios e sempre acompanhado por seu faz tudo e pela marquise du Chatêlet.É um time em que as tiradas reúnem humor e um pouco de "filosofia",e sempre são muito gostosos de ler.Este é o sétimo da série .